Accueil » Madeira

Madeira

Segundo a ADEME, o depósito anual de resíduos de madeira é de quase 6,2 milhões de toneladas. Os resíduos de madeira têm uma taxa de recuperação de 79%, 57% dos quais de recuperação de material e 22% de recuperação energética. (Fonte: Avaliação do depósito de resíduos de madeira e seu posicionamento no setor da madeira/madeira para energia — abril de 2015)

MADEIRA A

O Groupe Péna recolhe e procede à triagem de:

  • Várias madeiras puras, não trituradas. Em geral, trata-se dos seguintes produtos:
    • Madeira florestal (cavacos e cobertura morta, corte de árvores, troncos, toros)
    • Serrarias (aparas e cavacos limpos, cortes de desbaste, cortes de armações não tratadas)
    • Madeira industrial (paletes, caixas, vigas, armações)
    • Elementos de madeira maciça não tratada

MADEIRA B

O Groupe Péna recolhe e procede à triagem de:

  • Madeira diversa não triturada. No geral, trata-se dos seguintes produtos:
    • Embalagens (carretéis, grades, paletes, caixas)
    • Marcenaria e móveis de madeira maciça (portas, janelas sem vidro, persianas, mesas)
    • Carpintaria não tratadas, vigas, traves
    • Contraplacado e painéis de partículas (não superior a 30% de uma entrega)
    • Várias carpintarias
    • Várias madeiras

Reciclagem de madeira, esforços adicionais necessários

A madeira B é responsável por 85% dos resíduos de madeira recolhidos e cerca de 70% é comercializada por recicladores para produtores de aglomerados de madeira para móveis ou materiais de construção. Metade deles exporta para a Bélgica, Itália e Espanha. O resto é utilizado como alimento para a caldeira de biomassa. Os fornos de alta temperatura suportam as madeiras mais poluídas.

Os painéis podem incorporar entre 70% a 90% no fabrico dos painéis e até 100%, como acontece em Itália. Infelizmente, a disparidade entre os países é significativa.

A madeira “não poluída”, como paletes não tratadas por produtos químicos, é reciclada como lenha para caldeiras industriais convencionais, redes de calor ou destinadas a estufas.

Atenção aos MDF, estes painéis em partículas de madeira são problemáticos porque a madeira é reduzida ao estado de quase poeira, já não tem fibra e pode, portanto, ser reciclada num novo painel. Não permite uma economia circular e só serve como lenha.

Industriais, painelistas… se estiverem convencidos de que é preciso limitar os recursos aos recursos naturais,

o Groupe Péna propõe-vos madeira A e B triadas em função das vossas especificações.

Contactem-nos!