Amianto2018-12-10T16:17:25+00:00

Procedimento de tratamento de resíduos de amianto

Relembrando

Amianto ligado : resíduos que contêm amianto associados a outros materiais, provenientes de trabalhos relativos à reabilitação e à demolição (placas, fibrocimento, tubos, canalizações)

Amianto livre : resíduos friáveis, materiais residuais e equipamentos utilizados durante o trabalho de escoramento, fixação, deflação (detritos, proteções individuais descartáveis, trapos, lonas)

CAP — Certificado de Pré-Aceitação

Identificar o produtor do resíduo (proprietário ou detentor)

Identifique a empresa de prestação de serviços

Declarar o tipo de amianto


Aceitação do orçamento


Registo do pedido

Informações do Formulário de Abertura de Conta

Receção do BSDA em branco para preencher

Preenchimento do BSDA — guia de acompanhamento dos resíduos de amianto

Guia de Acompanhamento de Resíduos Perigosos com amianto

BSDA — Guia de acompanhamento dos resíduos de amianto

Deve ser enviado por correio ou e-mail:

Assinado pelo produtor de resíduos (proprietário ou detentor) E assinado pela empresa de prestação de serviços

Inserir números de selo

Tirar fotografias


Remoção

Resíduos confiados ao emissário

Devolução do BSDA

BSDA assinado e validado

Anexo do emissário

Anexo 1 (em caso de trânsito)

BSDA — Guia de acompanhamento dos resíduos de amianto

Bordereau de Suivi des Déchets Dangereux contenant de l'amiante

Todos os pontos são obrigatórios. É crucial que todos sejam preenchidos. A recolha de resíduos de amianto só é viável se as formalidades documentais forem corretamente seguidas.

1

Proprietário ou detentor dos resíduos

Data/assinatura
Carimbo (se for profissional)

2

Empresa de prestação de serviços

(se for a mesma que o proprietário ou titular dos resíduos, preencher obrigatoriamente uma segunda vez)

Data/assinatura
Carimbo

3

Transportador

Data/assinatura
Carimbo

4

N° de selos

 Obrigatório se o amianto for livre ou ligado no destino de um CSDU 1

5

Em caso de vários selos, indicá-los aqui